Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Na cidade de Panama, estado da Flórida, nos Estados Unidos, um homem foi condenado à morte por ter assassinado a sua mulher.
O que tem isso de novo, perguntam vocês?
Ora, ao que parece, Christopher Offord, prontamente após cumprir as obrigações carnais do matrimónio, quis cumprir o ritual de se ir sentar em frente à televisão a ver uma qualquer emissão desportiva. Mas a sua mulher, Dana Noser, tinha algo diferente em mente e queria ficar na cama a trocar caricias pós-coitais com o seu esposo. Após chamar insistentemente Christopher, este lá respondeu ao seu apelo e correu até ao quarto.
Com um martelo de orelhas na mão.
Após ter desferido cerca de 70 marteladas na cabeça da sua mulher, este pobre adepto desportivo lá voltou aos prazeres televisivos do desporto, tendo-se deslocado para o efeito até um bar perto de casa, onde, entre outros queixumes, lá confessou ao barman o que tinha acontecido.
Apesar de ter dito aos inspectores que trataram do seu caso que matou a mulher pois esta não parava de o chatear para ir ter com ela à cama, tal facto não constituiu atenuante e a juíza do processo condenou-o à morte.
Para todos aqueles que julgam que o senhor talvez tenha abusado um bocadito, ponham-se na pele dele. Acho que se me tivesse sucedido o mesmo durante o emotivo e decisivo Benfica-Sporting da época passada (em que o Benfica ganhou com um golo aos 86 minutos e com isso praticamente conquistou o campeonato), não teria reagido de forma muito diferente.
Christopher Offord tem a minha solidariedade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Sobre o Inútil

foto do autor


Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Anónimo

    Pelo seu artigo logo se vê que o amigo não conhece...

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...