Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Do Certame

por Inútil, em 28.04.06
O Inútil faz hoje uma rara incursão pelo universo da cultura tauromáquica.
Enquanto estava a aproveitar a bela tarde solarenga com que fomos hoje presenteados (pelo menos a malta que não esteve a trabalhar), vi, sobre uma das mesas da esplanada onde me encontrava, um folheto alusivo à 3ª Festa de Campo da Leziria e ao XVIII Salão do Cavalo.
Um pequeno aparte: o folheto estava impresso em papel de boa qualidade. Não daquele fininho e baratucho, mas sim daquele mais grossito e logo mais caro. Obrigado, Maria da Luz Rosinha, por tão galante uso do meu imposto de contribuição autárquica.
Adiante.
No dito folheto, vinha o programa de tão pitoresco certame, programa esse que resolvi partilhar e comentar com todos vós.


Vejamos aqui, por exemplo, na 6ª: "O cavalo para todos" - Jornada de Divulgação.
Resta saber o que será aqui discutido, visto o enigmático titulo não nos esclarecer completamente.
Irá ser debatida uma nova forma de distribuição de heroína?
Será alguma dissertação interventiva sobre o argumento de "Cavalo Lusitano"?
Não sei, fica a dúvida.
Continuando, sábado, às 11h, temos a selecção de Novilhas Bravas. E ao contrário do que possam estar a pensar, este evento não tem nada a ver com engates em discotecas.
Finalmente, no domingo, temos a minha favorita: logo a abrir o dia, há o "Concurso do Poldro Mamão".
Ora, o que é um concurso do poldro mamão? Não faço ideia, digam-me vocês.
Que desfios terá o poldro de passar para conquistar o titulo de "Poldro Mamão 2006"? Imagino o júri a avaliar a prova "Bela prestação do concorrente nº2, a mostrar que mama como poucos na actualidade".
Ou será algum rito de iniciação equino? Será que se o poldro quiser ser promovido a cavalo, tem que mostrar que domina a arte de mamar? E o que lhe acontece se se recusar a tal? Será despromovido a pónei? Se assim for, os póneis sobem na minha consideração, tal como sucede com todos os outros animais que não têm que mamar em algo ou alguém para serem promovidos.
Seja como for, não deve ser um espectáculo bonito de se ver.
Pobre do poldro.. como se já não bastasse ter de ser mamão, ainda tem que o ser em público, em concurso, longe da privacidade dos curros.
Mas a minha curiosidade em ir a este certame não se prende com nenhuma destas catitas modalidades.
Reparem bem na página da direita, em letras mais pequenitas:
"Manga livre para cavaleiros e amazonas".
Ora, estou-me completamente a borrifar para os cavaleiros. E também para as mangas livres (terão feito algum 25 de Abril no caixote da fruta?).
Mas a ideia de ir ver fêmeas semi-nuas a cavalgarem pelos verdes prados parece-me ser um programa apelativo. Ou pelo menos, mais apelativo que o concurso do poldro mamão.
Fica a sugestão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35


2 comentários

De Inútil a 04.05.2006 às 23:52

Daí o famoso "andar à mama".

De Homem das Neves a 04.05.2006 às 12:33

é verdade...os mamões marcam mais golos !!!

Comentar post



Sobre o Inútil

foto do autor


Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Anónimo

    Pelo seu artigo logo se vê que o amigo não conhece...

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...