Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ahahahah II

por Inútil, em 04.06.08

Com tantas noticias porreirinhas, o meu dia continua a melhorar.

Obrigado, Tribunal Cível de Lisboa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07


Ahahahah

por Inútil, em 04.06.08

E, de repente, todo o meu dia se vislumbra muito mais alegre.

Obrigado, UEFA.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30


Já cá mora

por Inútil, em 02.06.08

 

60 euros depois, já posso dizer que dia 14 lá estarei.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:10


Pão e Circo

por Inútil, em 01.06.08

Quem estiver a ver canais televisivos públicos neste momento não dirá que o europeu de futebol só começa para a semana, tal não é o frenesim mediático que uma simples viagem de autocarro de Oeiras até Belém origina. E se isto serve para mostrar alguma coisa, é que os responsáveis de programação da SIC, RTP e TVI não andam de autocarro.

Se andassem, saberiam que teria muito mais interesse filmar o percurso do 711 desde a Praça do Comércio até à Damaia às 22h30.

Mas ainda assim, acredito que toda esta obsessão faz falta. Porque a populaça é imbecil e gosta destas coisinhas patrióticas de vez em quando. Ao fim e ao cabo, o típico português é um gajo saloio, estupidamente despreocupado, que aprecia arreganhar na tripa e bater palmas no fim do acto.

E isto é chato porquê? Porque nós, restantes mortais, não temos forma de fugir a essa invasão mediática que entra pela nossa vida dentro sem sequer pedir licença.  

Enquanto Portugal ainda estiver em prova, ninguém vai ouvir o mais pequeno pio sobre o desemprego ou sobre a subida cavalar do preço dos combustíveis.

Os holofotes estarão sempre centrados em cima da selecção, do futuro de Ronaldo e da marca de papel que Quaresma usa para limpar a nalga.

Sempre foi assim e não vejo grande hipótese de mudança. Havendo paródia comunitária, o povinho relega para um plano secundário as questões verdadeiramente importantes para a sociedade. E já não há pachorra para tanto endeusamento de putos iletrados com a mania que são vedetas.

Mas o que vale é que a populaça está feliz. Entorpecida, mas contente.

Cada vez com mais circo, cada vez com menos pão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:31

Pág. 2/2



Sobre o Inútil

foto do autor


Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Anónimo

    Pelo seu artigo logo se vê que o amigo não conhece...

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...