Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Capuchinho Vermelho - Uma nova versão

por Inútil, em 26.03.07

O Tovarich Vermelho


Tovarich Vermelho – Ena camarada Avó, mas que mãos tão grandes que tu tens!
Avó – São para melhor ceifar o trigo e amassar o pão da terra.
Caçador (coro) – A paz, o pão, a educação!
T.V. – Ena camarada Avó, mas que grandes orelhas que tu tens!
Avó – São para melhor filtrar as mentiras das ideologias capitalistas!
Caçador – Abolir o capital, que não faz bem e só faz mal!
T.V. – Ena camarada Avó, mas que grandes braços que tens tu!
Avó – São para mais alto poder erguer a nossa rubra bandeira!
Caçador – Não há nada mais belo que a foice e o martelo!
T.V. – Ena camarada Avó, mas que grandes olhos que tu tens!
Avó – São para melhor ler a propaganda do partido, porque eles escrevem aquilo em letra muito miudinha.
Caçador – Propaganda Leninista, até pequena alegra a vista!
T.V. – Ena camarada Avó, mas que boca tão grande que tu tens!
Avó – É para melhor espalhar a mensagem bolchevique e cantar a plenos pulmões o fim do capital.
Caçador – De pé, ó vitimas da fome! De pé, famélic…

Abre-se a porta. Entra o lobo mau fascista.

Lobo Mau Fascista – Ahh cambada de vermelhuscos, apanhados em flagrante!
T.V. – Malvado sejas, meu mafarrico vendido à direita!
Avó – Não conseguirás abafar a voz do povo, espécie de esbirro fascista.
Caçador – Avante camarada, av…
L. M. F. – Epá, tu cala-te que eu já não te posso ouvir. Vai, tudo de cana. Andor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:33


Sim senhor

por Inútil, em 25.03.07
Não posso com o Quaresma nem pintado de vermelho.

Mas a verdade é que ainda não me cansei de ver este golo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10



... mas até é capaz de ser verdade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:40


Febre de Sábado à Noite

por Inútil, em 24.03.07


David Bowie - Let's Dance

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18


IRS

por Inútil, em 24.03.07

Nada se assemelha mais ao IRS que as compras de Natal.
Ficam sempre para a última da hora, pelo que temos de suportar intermináveis filas e no fim ter que levar com um qualquer funcionário carrancudo, farto de ali estar, farto da vida, farto de tudo.
Têm também em comum o facto de nos pesarem no bolso e nos levarem sempre a desembolsar um valor monetário frequentemente superior àquele que idealizávamos.
Além disso, se optarmos por não fazer qualquer uma das duas, IRS ou compras de Natal, corremos o risco de deixar alguém rancoroso connosco no ano seguinte, seja o Ministério das Finanças ou aquela prima das Beiras que só vemos quando o rei faz anos.
A diferença reside no factor retaliação.
Se a tal prima ficar irada, o pior que pode acontecer é não nos oferecer nada no Natal seguinte, ou, pior ainda, oferecer-nos um par de peúgas brancas, daquelas com as duas raquetes no topo.
Já os senhores do Ministério das Finanças podem optar por nos oferecer alguns anitos de férias pagas num qualquer estabelecimento prisional.

Meia branca com raquete ou cadeia? Hum… venha o diabo e escolha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

No seguimento disto, achei que também seria importante dar uma ajuda ao amigo leitor que conhece alguém com um aspecto digno de comentário depreciativo, mas que não sabe bem como o dizer sem magoar a dita pessoa.
Ora, se a pessoa for assim mais para o rechonchudo não diga “Vais participar nalguma convenção de sósias do Jô Soares?”, pois tal frase pode surtir um efeito relativamente negativo.
Diga antes “Não tens ido ao ginásio, pois não?”. É uma frase mais porreirinha, já que para além de permitir um maior espaço de manobra à resposta do inquirido, não implica que o amigo leitor esteja a insinuar que essa pessoa tenha uns quilitos a mais.
O caso muda de figura quando a pessoa em questão é assim a atirar um bocadinho para o feiote. O amigo leitor terá que mostrar um tacto e sensibilidade ainda maior.
Não diga “Sabes qual é o último grito em acessórios para a cabeça? Sacos de papel.”, pode ferir a susceptibilidade do sujeito alvo do comentário.
Diga uma coisa mais simpática, mais ambígua.
Algo como “Tens um visual fora do comum”. O mais provável é essa pessoa ficar a pensar que tem um look visionário ou que é uma pioneira da moda.
É uma frase 2 em 1: faz a critica desejada ao mesmo tempo que nutre a auto-estima do sujeito criticado.
Finalmente, um conselho para o amigo leitor que conhece alguém cuja roupa aparenta ter vindo das sobras de colecção do exército da salvação.
Frases como “Bela farpela. Fugiste do circo há muito tempo?” são de evitar. Limite-se a dizer “Rio-me sempre quando estou contigo”. Não só insulta essa pessoa sem ela dar conta como ainda o faz de uma forma extremamente carinhosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:57


O que eu gostava

por Inútil, em 23.03.07
Este verão promete ser dos mais profícuos de sempre em concertos.
Placebo, Pearl Jam, Smashing Pumpkins, Arcade Fire, eventualmente os Police lá para Outubro...
Chato chato vai ser arranjar maneira de os ver todos, mas enquanto houver mercado negro e eu tiver dois rins, lá há de se arranjar uma forma.
O que eu gostava mesmo era que estes senhores voltassem a dar um ar de sua graça ali para as bandas de Lisboa, já que não tive oportunidade de os ver no ano passado.



dEUS - Instant Street

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:54


Lost in Translation II

por Inútil, em 23.03.07
Para além dos filmes dobrados em Espanhol, há ainda uma outra coisita que de uma ou outra forma contribui para o desvirtuar da obra cinematográfica: a tradução para o título de alguns filmes.
Fui aqui há uns anitos ao Brasil e enquanto lá estive, o filme "Mystic River" estava em exibição. Só reparei nisso por causa do nome que que estava no cartaz do dito filme, "Sobre Meninos e Lobos".
"Não é assim tão mau", poderão pensar alguns de vocês.
Talvez. Mas o próximo é pior.
Conhecem o filme "O Padrinho"? Do outro lado do oceano ningúem conhece esse filme. No Brasil, a saga da família Corleonne dá pelo nome de "O Poderoso Chefão".
E "As Panteras Detonando"? É um nome muito catita para "Anjos de Charlie II", não é?
Mas que não se fiquem a rir os tradutores Portugueses, cujo último grande feito foi terem traduzido "Little Miss Sunshine" por "Uma Família à Beira de Um Ataque de Nervos". Provavelmente obra da mesma pessoa que acha que "Lost in Translation" equivale a "O Amor é Um Lugar Estranho" e que "Little Children" se adequa a "Pecados 'Intimos".
No fundo, mas mesmo lá no fundo, são uns visionários.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:15


Fur

por Inútil, em 22.03.07
Hoje foi dia de cinema, resolvi ir ver o "Fur - an imaginary portrait of Diane Arbus".
Não é mauzito de todo, vale a pena ver. Nem que seja só para ver Nicole Kidman, que tem tanto de talentosa como tem de linda.
Ao acabar de ver o filme, fiquei só com uma dúvida: quanto terá cobrado Tony Ramos para fazer de duplo de Robert Downey Jr?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:05


No prego

por Inútil, em 22.03.07
Reinaldo Teles
Bens do dirigente do FCP penhorados para pagar dívida


Será que isso inclui a Carolina Salgado?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:55



Sobre o Inútil

foto do autor


Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Anónimo

    Pelo seu artigo logo se vê que o amigo não conhece...

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...