Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ennio

por Inútil, em 30.08.07

Já andava de olho nisto há uns tempos valentes, pelo que esta semana decidi abrir os cordões à bolsa e comprá-lo. Ainda não tinha acabado de o ouvir na sua totalidade e já sentia vontade de procurar na minha colecção de dvd's alguns filmes para iniciar uma maratona cinematográfica.
Começar com o "Cinema Paraíso", continuar com o “Era uma vez no Oeste” e “O Bom, O Mau e O Vilão”, acabando nos “Intocáveis”.
Há algo de mágico nas bandas sonoras de Ennio Morricone.
Tarantino homenageia-o frequentemente nas bandas sonoras dos seus filmes.
Dulce Pontes, no albúm que gravou com o compositor italiano, tem uma versão de uma canção da banda sonora de "Era um vez no Oeste", um filme genial e injustamente subvalorizado, que tem, para mim, um dos melhores vilões de sempre (Frank, interpretado por um jovem Henry Fonda).
Até os Metallica usaram o fabuloso “Ecstasy of Gold” como entrada para o seu S & M.
Épicas, empolgantes e homéricas, as suas músicas conseguem muitas vezes sobrepor-se ao misticismo do filme que acompanham.
E é impossível dissociá-lo do visionário Sergio Leone. Adoro os filmes de Sergio Leone. Aliás, os dois western spaghetti's acima referidos fazem parte do meu top de preferências cinematográficas.
É um crime não conhecer a obra de um ou de outro.
Fundamentais para qualquer apreciador de bom cinema.

Ennio Morricone - Ecstasy of Gold (BSO de "O Bom, o Mau e O Vilão).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15



Sobre o Inútil

foto do autor


Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Anónimo

    Pelo seu artigo logo se vê que o amigo não conhece...

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...