Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Pastor Amoroso

por Inútil, em 13.03.07
Não é tão romântica como a definição do Calvin, mas também é bem catita.

O amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio.

Alberto Caeiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:46



Sobre o Inútil

foto do autor


Para twittar

http://twitter.com/Sem_Utilidade

Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...

  • Chico

    Claro que o culturismo é óptimo! Eu sou um grande ...