Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Música de mudança

por Inútil, em 10.08.05
Um inquérito recente declarou "Like a rolling stone", de Bob Dylan, a música que mais mudou o mundo. Outra músicas que entraram no top das mais votadas foram "heartbreak hotel" de Elvis Presley, "She loves you" dos Beatles e "I can´t get no satisfaction" dos Rolling Stones.
Obviamente e como já vem sendo hábito para este tipo de inquéritos, ninguém me pediu a opinião.
Acho que esta lista está adulterada. Não há músicas do Barry White, por exemplo. O falecido cantor, que ajudou tantas criancinhas a serem trazidas ao mundo, não merecia ter sido negligenciado desta forma. Nem tão pouco os Village People. Como é que letras marcantes desta banda, que tocam a união e fraternidade masculina como "They have everything for young men to enjoy, You can hang out with all the boys" do clássico YMCA ou o louvor ao amor-próprio de "Body, you'll adore my body, Body, come explore my body, Body, made by God, my body, Body, it's so good, my body", de Macho Man, se encontram fora desta restrita lista?

Acho mal.
E é óbvio que não fui eu o único Português ausente deste inquérito. Aliás, não quero parecer paranoico, mas acho que não houve nenhum cidadão nacional a contribuir para este inquérito!
De que outro modo se explica a total ausência de músicas de Marco Paulo desta lista? Nem o comovente "Joana"? Incompreensivel!
Fico sempre com a lágrima no olho ao ouvir a história do pobre e inocente rapaz apaixonado pela tal de Joana, que ao ir ao casamento dela com outro moçoilo vai recordando as bonitas histórias de amor que no passado partilharam (ele e ela, não ele e o moçoilo. Isso já era letra dos Village People).

Enfim, fica o protesto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37


1 comentário

De Homem das Neves a 11.08.2005 às 20:55

Muito bem! Tens futuro como crítico na área musico-social. Espero que risonho... Já agora, deixa-me acrescentar que "surfing with the alien", do Joe satriani, também merecia uma nota de atenção de tua parte. Pois foi com esta música que nasceu o pseudo-guitarrismo, tão em voga nas discotecas nos anos 80/90.

Comentar post



Sobre o Inútil

foto do autor


Para twittar

http://twitter.com/Sem_Utilidade

Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...

  • Chico

    Claro que o culturismo é óptimo! Eu sou um grande ...