Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Carta ao Pai Natal

por Inútil, em 02.12.09

Querido Pai Natal, olá.

Como estás? Desculpa tratar-te por "tu", mas acho que uma figura tão afável como tu dispensa coloquialismos. Além disso, já nos conhecemos há 28 anos. Como o tempo passa...

Bem, acho que podemos dispensar o resto das formalidades porque sei que nesta altura do ano és um gajo ocupado. Até te poupo o trabalho de ires ver à tua lista se me portei bem ou mal este ano. Sou um rapaz modelo, Pai Natal, bem comportado como poucos. Nem te guardo ressentimentos por teres ignorado todas as minhas cartas até hoje. Por mais de dez vezes te pedi um Benfica campeão, mas tu nada, fizeste quase sempre orelhas moucas.

E quem diz o Benfica campeão, diz o pedido de hospedares em minha casa a selecção sueca de natação feminina ou a bicicleta que te pedi aos 12 anos (ainda hoje te culpabilizo por não saber andar de bicicleta, pá).

Mas águas passadas não movem moinhos. Concentremo-nos no presente.

Primeiro, quero o Benfica campeão. Até agora, estás a fazer um bom trabalho com isso (talvez inspirado pela antroponímia messiânica do treinador do Glorioso).

Depois, quero um trabalho catita. Nem precisa de ser com um grande ordenado. Qualquer coisita que me dê gosto e o suficiente para pagar as contas e viver desafogado. Não sou esquisito nisso. Vou ser esquisito, isso sim, com o meu próximo pedido: uma namorada nova. Bonita, bem-humorada, inteligente, sem desequilíbrios hormonais de relevo e uma personalidade estável e descomplicada. Ok, ok... talvez seja pedir demais. Vá, basta obedecer a 4 dos requisitos, só para te facilitar a tarefa. Vês como até sou um gajo porreiro? O resto deixo ao teu critério. Como é óbvio, dispenso outra operação ao joelho, nova situação de desemprego, relacionamentos instáveis e todas as outras situações bizarras e kafkianas com que me presenteaste este ano.

Vá, meu amigo, está na hora de arregaçar as mangas e começar a fazer jus à tua reputação.

Até para o ano, um grande abraço com votos de bom trabalho.

O teu amigo

 

Inútil

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:43


6 comentários

De Eduardo a 07.12.2009 às 03:54

Ora bem meu bom amigo...não te preocupes que não estás sozinho no mundo! Eu também não sei andar de bicicleta. Quanto ao SLB campeão, que o Pai Natal te ouça!! No que diz respeito à moçoila...acho que estás a ser exigente demais mas, diz-se por ai que há umas rapariguinhas de borracha, sempre prontas para satisfazer tudo o que é necessidades de um homem e ainda por cima não chateiam nem cobram!!
Tem fé...pode ser que seja este ano que o Pai Natal se lembre de ti!

De Inútil a 07.12.2009 às 13:57

Exigente? Nem por isso! Nem especifico altura, peso, raça, credo, nem nada disso.

De Mia a 09.12.2009 às 11:16

Depois de teres publicamente assumido que aos 28 anos não sabes andar de bicicleta, duvido que o Pai Natal te ofereça uma namorada..
São cá coisas minhas!

Mia

ps - O meu irmão, de 25 anos, aprendeu a andar de bicicleta há 2 semanas. Incrivelmente há uma empresa que ensina adultos! Bastou-lhe umas horinhas. Queres o contacto?

De Inútil a 09.12.2009 às 16:54

Mau! Não saber andar de bicicleta não faz de mim menos macho! Além disso, não vejo isso como uma falha. Indiquem-me uma situação em que saber andar de bicicleta me possa salvar a vida e eu mudo de ideias.

De Reis a 18.12.2009 às 12:26

Imagina que vai explodir uma bomba em 20 segundos na rua do mercado. Tens ali uma bicicleta cujo dono se esqueceu de trancar o cadeado ou podes tentar fugir a pé com esse rabo gordo e esse joelho powered by Mantorras

De Inútil a 18.12.2009 às 14:00

Nessa altura o mais provável seria iniciar uma carreira no carjacking.

Comentar post



Sobre o Inútil

foto do autor


Para twittar

http://twitter.com/Sem_Utilidade

Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...

  • Chico

    Claro que o culturismo é óptimo! Eu sou um grande ...