Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma questão de imaturidade XI

por Inútil, em 11.11.09

Ela: Então? Tás quase com 30 anos, pá!

Ele: Isso é uma forma desagradável de começar uma conversa...

Ela: Mas é verdade!

Ele: Pois... mas foi um bocado a seco. Estas conversas de café são como ir jantar fora. Não podes começar logo pelo prato principal, primeiro há as entradas. Perguntar como vai isso, falar do Benfica, etc...

Ela: Que chato.. Ok, ok, o teu Benfica este ano está forte!

Ele: É verdade! Acho que...

Ela: Estás quase com 30 anos, pá!

Ele: Ok... pois, pois estou.

Ela: E então, como te sentes?

Ele: Sei lá. Velho.

Ela: Sim, não estás a ir para novo.

Ele: Pôrra, que tu hoje és a rainha da simpatia...

Ela: Ai, que susceptível! Não sabia que este era um tema assim tão incómodo. É mais uma etapa da vida, só isso.

Ele: É capaz, sei lá... às vezes não ficas com a sensação que estás a ser deixada para trás?

Ela: Como assim?

Ele: Ao veres os nossos amigos, malta com quem crescemos, gente da nossa idade, a casar, irem morar juntos, terem filhos, terem uma vida nova? Sei lá, a fazer tudo aquilo de que nós falávamos quando éramos miúdos enquanto tu continuas na parte de falar e planear isso, sem perspectivas de o veres acontecer?

Ela: Claro que penso...

Ele: E não te sentes assim, deixada para trás?

Ela: Em parte. Mas não te sentes feliz pelos teus amigos, por esses que deram um passo em frente?

Ele: Claro que sim, se são meus amigos... Mas há sempre aquela ponta de inveja que um gajo não consegue controlar, não é?

Ela: Pois...

Ele: Aquilo de um gajo ficar para trás, quer dizer, eu sei que soa mal, mas é mais ou menos isso que sinto. As pessoas mudam, a vida muda. Gente com quem privavas quase diariamente passa a ser uma companhia para um café ocasional, muito de vez em quando.

Ela: Mas é assim que as coisas funcionam. Mais cedo ou mais tarde será assim contigo também.

Ele: Gostava de acreditar nisso, mas falta-me a fé.

Ela: Ser negativista não ajuda.

Ele: Queres andar comigo?

Ela: Não!

Ele: Vês? Não é uma questão de fé.

Ela: Parvo... tens de saber é procurar.

Ele: Estás a sugerir que eu vá à caça? Ao engate?

Ela: Isso já é contigo. Mas a não ser que sejas um velho milionário (e não és), nada te vai parar ao colo de mão beijada.

Ele: Só dificuldades.

Ela: Se fosse fácil, não tinha piada.

Ele: Piada... os ciganos casam-se porque são prometidos à nascença. Eliminam as burocracias e continuam a ser um povo que se diverte na mesma.

Ela: Epá... é escusado.

Ele: Pois, eu sei.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20


2 comentários

De Mia a 12.11.2009 às 16:23

Ui!
Gostei do texto :)

De David Dias a 19.11.2009 às 18:50

Simplesmente fabuloso

Comentar post



Sobre o Inútil

foto do autor


Para twittar

http://twitter.com/Sem_Utilidade

Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...

  • Chico

    Claro que o culturismo é óptimo! Eu sou um grande ...