Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Técnicas de abordagem ao sexo feminino

por Inútil, em 14.03.08

III - A técnica Fernandes, o pedreiro Casanova

 

É, de todas, a abordagem mais simples.

Está farto de uma vida de solidão e quer finalmente partilhar esse prédio em construção que é a sua vida com alguém? Calha a todos, meu amigo.

O problema é que a oferta é muita e você não faz ideia de por onde começar a procurar.

A palavra-chave aqui é coerência.

Você não tem frases estudadas nem coisas particularmente bonitas para dizer, por isso limite-se ao que sabe. Pode não ser muito mas sempre diminui as hipóteses de asneirada.

Dispare impropérios a torto e a direito do alto do seu andaime como forma de treino.

Quando estiver com os pés em terra, pratique aquilo que treinou com tanto afinco, mas de uma forma mais moderada.

Se bem que galanteios como "Contigo, era até achar petróleo" sejam elogiosos, poderá haver quem não aprecie ouvir tal comentário de apreço. E você ainda não tem um público-alvo definido, não é? Pois é. Vá com calma.

Eventualmente, há-de chamar a atenção de alguma fêmea com a auto-estima pelas ruas da amargura, ansiosa por investigar tão veemente forma de confessar atracção.

Ela mordeu o isco, está na hora de recolher a linha!

Convide-a para jantar, diga que lhe quer mostrar uma faceta sua que poucos têm o privilégio de conhecer.

Romanceie a criatura. Dê-lhe coisas bonitinhas. Seja galante. Em suma, levante-lhe a moral.

Mas cuidado, seja ordinário de vez em quando! Se ela adquirir auto-estima suficiente consigo, vai ver que merece melhor que uma bestinha como você.

Será esse balanço que o amigo leitor terá de encontrar para evitar ser mandado às urtigas.

É simples, não é?

Dois passos em frente e outro para trás farão de si um homem feliz. Não tem nada que enganar.

 

Alvo: Fêmeas espiritualmente fracas e carentes de atenção.

Para quem serve: Machos prosaicos, com poucos escrúpulos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:48


3 comentários

De Patrícia a 14.03.2008 às 15:54

"Contigo, era até achar petróleo"?
Meu Deus, as coisas que eu tenho aprendido neste blog!!!
Fiquei fã desde que o SAPO o pôs em destaque.
Obrigada pelas gargalhadas quando o trabalho está a aborrecer


De carochinha a 15.03.2008 às 10:25

já para não falar do tão badalado "Ó estrela, queres cometa?"

De Maga a 17.03.2008 às 18:07

"Contigo, era até achar petróleo" ??? lindo! não conhecia. estás, definitivamente a ganhar-lhe o jeito!
boa semana!

Comentar post



Sobre o Inútil

foto do autor


Para twittar

http://twitter.com/Sem_Utilidade

Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...

  • Chico

    Claro que o culturismo é óptimo! Eu sou um grande ...