Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma questão de teimosia

por Inútil, em 06.03.08

Tenho uma amiga que gere um bar. Aqui há uns meses, deixei a minha marca numa daquelas maquinetas que se joga num ecrã táctil. O primeiro lugar no top score do Trivial Pursuit.

Desde então, ela elegeu como missão de vida suplantar a minha pontuação.

Primeiro, tentou sozinha. Depois, levou a irmã. A seguir, levaram uma amiga. Ainda tentaram com a ajuda de mais duas miúdas mas sempre sem sucesso.

Chegou ao ponto de nas dez melhores pontuações, nove serem delas. Infelizmente para elas, todas abaixo da minha.

A verdade é que da teimosia à obsessão só vai um pequeno passo.

Em determinado ponto da vida, todos nos sentimos obstinados a conseguir algo. Por vezes, alguém. Desperta em nós uma fome insaciável para atingir o objecto da nossa procura e desejo.

Enquanto que um teimoso só o persegue até ao limite do razoável, o obcecado nunca perde a fé no impossível.

Gosto de pessoas teimosas. Talvez por não considerar a teimosia um grande defeito. A teimosia é coerência levada ao extremo. É defender uma ideia própria de forma tenaz, sem vacilar perante pressões externas.

O obcecado, ao contrário do teimoso, tem propósitos irreais. Fica de tal forma consumido pela necessidade de atingir o seu objectivo que torna essa procura em cegueira. E essa cegueira dá-lhe felicidade, dá-lhe sentido.

O teimoso de tempos a tempos ainda vai tendo umas alegrias.

O obcecado depressa se habitua à desilusão.

Mais ou menos como eu e a crença anual que o Benfica vai voltar a ser campeão.

Ou como a minha amiga, que ainda acha que me vai conseguir depor do trono.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29


1 comentário

De marisa a 06.03.2008 às 17:05

Estou a ver que tenho de ter cuidado com a minha teimosia cronica para não se tornar em bocessão!

Comentar post



Sobre o Inútil

foto do autor


Para twittar

http://twitter.com/Sem_Utilidade

Onde é que anda aquilo?

  Pesquisar no Blog





Comentários recentes

  • Goretti Nunes

    Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...

  • Anónimo

    Pessoal a culpa nao e dele....a culpa e da mae que...

  • Anónimo

    Vai la e experimenta

  • ana maria

    Experimentei o frizante Castiço na cidade de Coimb...

  • Chico

    Claro que o culturismo é óptimo! Eu sou um grande ...